PARTO ADEQUADO

GRAVIDEZ SAUDAVEL

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) deu início à segunda fase do Projeto Parto Adequado, iniciativa desenvolvida em parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein e  visa reduzir cesáreas desnecessárias e melhorar o atendimento a gestantes e bebês.hospitais participantes  para 153 – sendo 128 privados e 25 públicos. A iniciativa também envolve a da Amil assitencia medica internacional  . Com isso, a ANS espera expandir, para o conjunto do sistema de saúde, os impactos positivos provocados pelo primeira reunião com o grupo de participantes. Na oportunidade, a ANS, o Einstein e o IHI lembraram as principais conquistas da primeira fase do projeto, que chamou a atenção inclusive da Organização Mundial meses, a taxa de partos normais aumentou mais de 40% entre os 35 participantes. Como consequência, mais de dez mil cesáreas sem indicação clínica e 400 admissões de bebês em UTI neonatal foram evitadas.




Está pagando muito caro pelo seu plano de saúde?Está esperando o que para reduzir esse custo? Faça uma cotação!